Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Bobina de Tesla

Bobina de Tesla


A bobina de Tesla é um tipo de transformador ressonante que é capaz de produzir, sob altas freqüências, tensões da ordem de até um milhão de volts. Seu funcionamento pode ser explicado da seguinte maneira: Um transformador primário eleva a tensão da rede (por exemplo, de 110 volts) para algo em torno de alguns milhares de volts. Esta tensão é fornecida a um centelhador, que está ligado em paralelo com um capacitor e à bobina primária do transformador secundário (estes em série). Quando o capacitor carrega, a tensão no centelhador eleva-se até o ponto onde há a quebra da rigidez dielétrica do ar, fazendo com que um “pico” de corrente elétrica atravesse o circuito. Isto ocorre por volta de centenas de vezes a cada segundo!   Esta corrente, por sua vez, passa pela bobina primária do transformador secundário, gerando um campo magnético variável. Este campo magnético induz uma corrente elétrica na bobina secundária. Como o número de espiras na bobina secundária é bem maior, a corrente elétrica induzida nela é pequena, mas a tensão obtida nos seus terminais pode ser de centenas de milhares de volts ou mais. Esta bobina de Tesla do CICTA, fabricada pela Ciência Prima, lança faíscas e acende lâmpadas fluorescentes à distância, na mão das pessoas.

Links Relacionados:


Artigos em português:

Artigos em outros idiomas:

Vídeos em português:

Vídeos em outros idiomas:

 

Fim do conteúdo da página